Cláudia Deris

..

Passamos boa parte do nosso tempo em busca de correções comportamentais e desenvolvimento de habilidades que nos deixarão no máximo medianos em alguma coisa. A busca pelo fortalecimento dos pontos fracos se inicia muito cedo e passamos por toda a vida acreditando que devemos ser bons em tudo, ou que exista uma uniformidade padrão a ser seguida, sendo que os profissionais que mais se destacam no mercado são os que identificam seus pontos fortes e investem neles.

Nunca vivemos um período em que fomos tão donos de nossa carreira como agora, há algumas décadas uma das principais definições de êxito profissional estava na profissão escolhida; hoje o diferencial da carreira está no profissional, com isto torna-se cada vez mais óbvio que o seu diferencial está em seus pontos fortes e quanto mais desenvolvê-los mais se destaca.

Pare de insistir em ser mediano, na busca pela adequação de padrões que em nada te favorecem, afinal quantos profissionais vemos em nosso meio que amargam cada dia trabalhado, acreditando que não tiveram sorte, ou que a empresa nem de longe nota seu esforço e empenho, mal sabendo eles que esforçar-se para ser mediano em nada traz mérito? Já parou para pensar que este profissional pode ser você?

“Entenda que sua carreira é de total responsabilidade sua, terceirizá-la é condenar-se a limitação de interesses alheios” Comenta Claudia Deris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.